• EN
  • Ajuda Contextual
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > GS1103

Psicossociologia das Organizações I


Código: GS1103    Sigla: PO1

Ocorrência: 2018/19 - 1S

Área de Ensino: Psicologia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LGS 10 Despacho 6311/08 de 05 de Março 4 ECTS

Horas Efetivamente Lecionadas

1Turma

Teóricas: 14,00
Orientação Tutorial: 14,00

Docência - Horas

Teóricas: 2,00
Orientação Tutorial: 1,00

Tipo Docente Turmas Horas
Teóricas Totais 1 2,00
Paula Cristina Salgado Pereira Rodrigues Vieira   2,00
Orientação Tutorial Totais 1 1,00
Paula Cristina Salgado Pereira Rodrigues Vieira   1,00

Língua de Ensino

Português

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

Objectivos da disciplina: Compreender as organizações: - no quadro da sociedade global e enquanto produto e função da estruturação dessa sociedade; - como estruturas sociais complexas e dinâmicas, criadas pelos indivíduos em ordem à produção de bens e de serviços; - como meios de enquadrar e estabilizar a actividade humana colectiva segundo metas, regras, princípios e procedimentos de trabalho; diferenciação de funções e papéis; padrões de socialização e comunicação entre indivíduos e grupos, definição da tomada de decisão e modos de coordenação da acção individual e colectiva; gestão dos conflitos. Analisar a interacção entre factores de estrutura/cultura e os seus condicionamentos mútuos. Compreender o que é uma estrutura organizacional e para que serve, que se podem adoptar soluções estruturais diferentes em função do modo como se divide e coordena o trabalho e de factores de contingência; que há estruturas organizacionais mais adequadas aos problemas e necessidades dos idosos; compreender que é possível inovar nesta matéria.

Programa

Conteúdos programáticos: 1.Estrutura organizacional 1.1 As seis componentes básicas da organização (o centro operacional, o topo estratégico, a linha hierárquica de autoridade, a tecnoestrutura, os serviços de apoio, a ideologia) 1.2 Divisão do trabalho e a sua coordenação: duas necessidades indissociáveis e inerentes a toda a actividade humana organizada 1.2.1 Os modos de organização do trabalho como produto da combinação entre divisão do trabalho e mecanismos de coordenação do trabalho 1.2.1.1 Divisão do trabalho entre operadores (divisão vertical e divisão horizontal) 1.2.1.2 Mecanismos de coordenação do trabalho (ajustamento mútuo, supervisão directa,estandardização dos procedimentos, estandardização dos resultados, estandardização das qualificações e estandardização das normas) 1.3 Actores organizacionais e o seu poder 1.3.1 Categorias de actores organizacionais e suas relações 1.3.2 Processos de decisão e comportamentos dos actores: atitudes tipo e recursos mobilizados no exercício do poder 1.3.3 Identificação  e classificação dos sistemas de influência na organização - sistema de controlo pessoal, sistema de controlo burocrático, sistema de controlo ideológico, sistema de competências especializadas - a partir da localização do poder nesta(s) ou naquela(s) ctegoria(s) de actores (predominância de um ou de mais do que um mecanismo de coordenação).

Bibliografia Principal

Mintzberg, Henry;Estrutura e dinâmica das organizações,, Publicações Don Quixote, 2004
Ferreira, J. M. Carvalho, Neves, J., Caetano, A;Manual de Psicossociologia das Organizações, MacGraw-Hill, 2001
Bilhim, João Abreu de Faria,;Teoria organizacional: estruturas e pessoas, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, 2001

Métodos de Ensino

Sessões teóricas (T): sessões que contemplam a análise, pela docente, dos conteúdos programáticos da unidade curricular, articulando-se a exposição teórica dos temas com a ilustração empírica e a participação dos alunos na sua discussão. Sessões de orientação tutorial (OT): sessões que contemplam um conjunto de actividades com um carácter mais prático, que visam consolidar as competências dos alunos. Estão previstas as seguintes actividades: - realização de exercícios de aplicação dos conhecimentos a partir da análise de dados (descrições) sobre organizações concretas; - orientação tutorial, individual e em pequeno grupo, para esclarecimento de dúvidas, quando solicitada pelos alunos;


Modo de Avaliação

Avaliação apenas com exame final

Avaliação Contínua

Avaliação distribuída que se compõe por duas provas escritas e individuais, a última das quais a realizar-se na mesma data que o exame final. Cada uma das provas de avaliação terá um peso na nota final de 50%.

Avaliação Final

O cálculo da classificação final corresponderá à média ponderada dos dois momentos de avaliação. É aprovado o aluno que tiver classificação igual ou superior a 10 valores, desde que em nenhuma das classificações parcelares tenha obtido nota inferior a seis valores e meio (6,5 val.). Os alunos que tiverem 8, ou 9 valores serão sujeitos a prova oral. Todos os outros estarão automaticamente reprovados.

Provas e Trabalhos Especiais

Não aplicável.

Avaliação Especial (TE, DA, ...)

De acordo com as normas estipuladas no Regulamento de Avaliação do ISSSP.

Melhoria de Classificação Final/Distribuída

A melhoria de nota é feita de acordo com o estipulado no Regulamento de Avaliação de Conhecimentos do ISSSP.

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

- os alunos inscritos em avaliação distribuída terão que assistir a 75% do número total de aulas; só é permitida a entrada nas aulas nos primeiros 15 minutos de tolerância. Entradas e saídas fora do tempo previsto por razões de transporte ou outras devem ser analisadas e justificadas em cada caso com a docente; não é permitida a utilização de telemóveis durante as aulas;